×
Manutenção

A manutenção da suspensão e sua importância para a preservação do carro

2021/03/11

4:54

Você já sabe que o sistema de suspensão é responsável pelo conforto dos passageiros e pela estabilidade do seu carro. Mas você já parou para pensar o quanto esse sistema pode impactar outros sistemas e componentes do veículo?

Neste artigo você irá ver mais detalhes sobre esse complexo sistema e entender como a manutenção da suspensão pode contribuir, não apenas para o conforto ao dirigir, mas para a preservação de outros itens do carro e, claro, para o seu bolso. Confira!

Como saber se tem algo errado com a suspensão?

A suspensão não é apenas um item, mas um sistema completo, composto por amortecedores, molas, bandejas, coxins, pivôs, bieletas, terminais, entre outras peças. É ela que absorve impactos causados por buracos, lombadas e irregularidades na pista.

Quando algum de seus componentes está em más condições, as rodas não acompanham as irregularidades do terreno e elas podem ser transmitidas aos ocupantes do automóvel, gerando desconforto e insegurança.

Os principais sinais de que algo está errado na suspensão são:

  • Instabilidade em curvas;
  • Desconforto em obstáculos;
  • Ruído e rebaixamento ao frear.

Os principais componentes da suspensão e como avaliar as suas condições:

Molas: devem sustentar o veículo, absorvendo o impacto com o solo, se contraindo ou expandindo.

Batente: não deixa que o conjunto da suspensão ultrapasse o seu limite.

Pivô: é responsável por ligar o chassi do carro com o conjunto de suspensão. Se estiver em más condições pode se romper e fazer a roda sair, podendo causar sérios acidentes.

Bieleta: transmite a força recebida pela suspensão para a barra estabilizadora do carro, melhorando o contato com o solo.

A melhor forma de avaliar as condições dessas peças e saber se estão boas é comparar com itens novos. Quando for a um centro automotivo especializado, peça ao técnico que mostre uma peça nova para que você possa observar as diferenças.

Se atente as condições dos componentes de borracha (ver se estão rachados ou esfarelando), rachaduras, folgas, oxidação, cortes… qualquer sinal de perigo é melhor fazer a troca.

E O AMORTECEDOR?

Ah, é claro que não poderíamos esquecer o principal item da suspensão! Eles são tão especiais que merecem um lugar de destaque nessa conversa.

Os amortecedores controlam o movimento das molas no veículo, fazendo com que o pneu mantenha o máximo de contato com o solo.

Se eles não estiverem atuando corretamente, pode comprometer a estabilidade, o conforto e a segurança, pois toda a movimentação recairá somente sobre as molas, prejudicando quem está dentro do carro.

Isso sem falar no impacto econômico, pois amortecedores em más condições podem gerar desgaste irregular dos pneus e aumentar o consumo de combustível. Ou seja, além de abastecer mais vezes, você ainda pode ter que trocar os pneus antes da hora.

E como saber a hora certa de trocar o amortecedor?

Você já ouviu a expressão “ah, o amortecedor está cansado, precisa trocar!”, ou recebeu o diagnóstico de que precisa trocar depois de uma vistoria visual apenas?

Não se engane! Hoje em dia existem equipamentos específicos para avaliar as condições dos amortecedores de forma precisa e garantir que você só troque se for realmente necessário.

Além de economizar para o seu bolso, fazer o uso consciente dos amortecedores, aproveitando toda a sua vida útil, diminui o impacto negativo do descarte desses componentes antes da hora e contribui para uma cadeia produtiva mais sustentável.

Por isso, se estiver sentindo que está na hora de fazer a manutenção da suspensão, procure por um centro automotivo especializado, que garanta a correta avaliação dos amortecedores e, caso precise mesmo trocar, garanta o descarte correto.

Como economizar a suspensão?

Uma primeira dica importante é evitar lavar os componentes da suspensão, principalmente os de borracha. A segunda é reduzir a velocidade! A forma como dirigimos impacta diretamente o funcionamento e o desgaste, não apenas da suspensão, mas de todos os sistemas e componentes do carro, como freio e pneus.

Por isso, reduza a velocidade, principalmente em meio urbano, e esteja atento para evitar ao máximo passar por lombadas, buracos e obstáculos em alta velocidade.

Audio Schock: tecnologia exclusiva da DPaschoal!

Pensando em tudo isso, a DPaschoal desenvolver o exclusivo Teste Sonoro, o Audio Shock que avalia as condições dos amortecedores do seu carro por meio do som emitido por ele.

O aplicativo patenteado pelo CTTi – Centro de Treinamento, Tecnologia e Inovação da DPaschoal – usa um microfone para identificar as ondas sonoras emitidas pelos amortecedores.

Olha só:

*Atenção! O teste sonoro não substitui uma avaliação visual para inspecionar manchas e sinais de oxidação nos amortecedores.

Acesso o nosso site e marque uma avaliação!

Compartilhe este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Máquinas agrícolas: Cuidados com os pneus e algumas opções para a sua produção
ManutençãoTudo sobre pneus
Máquinas agrícolas: Cuidados com os pneus e algumas opções para a sua produção

As máquinas agrícolas são essenciais para garantir a qualidade e produtividade esperada […]

2021/04/22

2:43

Ver mais
CuriosidadesManutenção
Bateria automotiva de qualidade, a relação com o meio ambiente

Como você sabe, a bateria automotiva é responsável pelo armazenamento da energia […]

2021/04/15

11:08

Ver mais
ManutençãoTécnico
A importância da capacitação técnica nas oficinas automotivas

Historicamente, a mecânica automotiva sempre foi muito associada à confiança e ofícios […]

2021/04/08

5:46

Ver mais

Contato

Newsletter

Receba nossas
novidades por email:

    Digite um e-mail válido