By: DPaschoal On: outubro 27, 2017 In: Técnico Comments: 0

Nosso carro é uma máquina muito complexa, cheia de detalhes e também, cheia de coisas estranhas.
As vezes o carro pode parecer até como o mundo invertido. Cheio de coisas bizarras e algumas criaturas. Por exemplo: a “Aranha do distribuidor”, que na verdade se chama “Rotor emissor de pulsos do distribuidor”.

Algumas peças ainda tem nomes compridos como por exemplo o “tubo distribuidor do sistema de injeção” ou estranho, como “Êmbolo“, e às vezes pode ser comprido e estranho, como “Interruptor térmico do eletroventilador“.

Você já parou para pensar nessas coisas estranhas?

Nossos engenheiros selecionaram alguns nomes mais bizarros e estranhos que as peças do nosso carro recebem, dá uma olhada:

Cebolinha de temperatura: Sensor responsável por transmitir e avisar a temperatura do motor indicada no painel.

Cebolinha do freio: Interruptor de luzes de freio, é responsável por aciona-las quando pisamos no freio.

Flauta: Tubo distribuidor do sistema de injeção, que é responsável por distribuir o combustível nas câmaras de combustão do motor.

Burrinho-mestre: Na verdade é o cilindro-mestre do freio, que é responsável por enviar o fluido de freio ao longo do sistema movimentando as pastilhas e sapatas fazendo o veículo parar.

Patins de freio: são as sapatas de freio, material de atrito similar as pastilhas de freio que estão aplicadas normalmente na roda traseira.

Aranha do distribuidor: Rotor emissor de pulsos do distribuidor de combustível no motor, o nome deve ter sido atribuído devido as diversas saídas que podem lembrar as diversas pernas de uma aranha.

Trambulador do Câmbio: É responsável por transmitir os movimentos da alavanca de mudanças de marchas para a caixa de câmbio durante a troca de marchas.

Martelete ou Cachimbo do Distribuidor: tem a função de transmitir energia para os cabos de vela através da tampa de distribuidor garantindo que cada vela de ignição gere a faísca necessária para o funcionamento do motor.

Já ouviu falar de algum outro nome? Manda aqui pra gente! (:
Fique atento: se for em algum mecânico e ouvir que precisa trocar a “Rebimboca da parefuseta” não acredite, porque essa peça simplesmente não existe (nem no mundo invertido).

Ahh, falando em coisas estranhas…

Se as luzes do seu painel acenderem, não se desespere, a gente tem um post falando sobre isso também, clica aqui.